o caso choça city, the blues

ESSES TEUS OLHOS JÁ NÃO ME DIZEM MAIS O QUE NA OUTRA NOITE A CIÊNCIA DESCOBRIU,
MUITO EMBORA O CORAÇÃO AINDA AGUENTE O QUE VIER


Dê-me o blues, baby
arrasta-me para a bad
de viena a paris, na tua carruagem,
….me invente um carrossel
nessa tua cozinha bem estruturada
de teto rasteiro e pernas trabalhadas
macacos me mordam
eu só quero o blues feat. Eric Clapton
mãozinha num sono de feriado santo
eu só quero chegar
vamo’lá, mais uma matinal
pó de diamante e mel de coruja
não seja tão preocupada, baby
se você quer, tome
não sejamos um desperdício
só me dê o blues, maracujá cum côco
as coisas pertencem a quem mais as quer

e, cumeno na palheta, ele diz:
me arranje 0,90 ‘que tenho 1 real e quero ir embora.

___

nota: no tempo em que a passagem de ônibus ainda era R$ 1,90.

Comments are closed.