dessa fumaça que tu traqueia, noites

noites

pra lembrar um poema de giovane brito

……………………………………
………………………………………………………noites


– Um jazz a pintar o verso
…..Johnnie a acalentar o pranto
…………vida subterrânea
………………………………………..Dioniso –

…..de um tempo em que
………………..noites
perpassaram pelo silêncio
…………………………..abrigo
………… de muitos delírios

…..de um tempo em que
………………..noites
(re)construíram novas estórias
………………………………………..poesia
………… de nossa morte

…..de um tempo em que
……………….. noites
…………………………– quiçá dias –
compuseram novas linhas
……………….acaso objetivo
vultos ao relento

Decantar a verdadeira essência
é  elevar a alma em versos nobres

Comments are closed.