súbito, todos os meus abraços…



Súbito, todos os meus abraços
foram tentativas frustradas de homicídios
(a aurora se tornara arrependimento da noite).
De repente, minha afeição virara volúpia
Meu perfume veneno pro teu ar
Rosto com rosto, certo instante meus dentes
converteram-se em cacos de vidros.
Te contemplar significaria apenas
desejos sacerdotais proibidos.
(Ereções de padres. Gozos de confessionário).
Ah, aquele amor ruiu como o castelo
de cartas do menino aspirante a rei!…
Tudo bem, seja como for,
pense como quiser, mantenha-se distante:
Afinal, não há mais incesto.

Comments are closed.